07/06/2019
OAB-PB realiza II Ambiente em Debate e discute questões socioambientais


OAB-PB realiza II Ambiente em Debate e discute questões socioambientais

 

A Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Paraíba (OAB-PB), através da Comissão de Direito Ambiental, realizou, nessa quarta-feira (05), na Usina Cultural Energisa, o II Ambiente em Debate.

O evento fez alusão ao dia mundial do Meio Ambiente que é comemorado no dia 5 de junho, e contou com uma programação diversificada de palestras. Mais de 200 alunos da rede pública de ensino, das Escolas Enéas Carvalho da cidade de Santa Rita e ECI Argentina Pereira Gomes de João Pessoa,  e universitários, puderam desfrutar de uma programação voltada às questões socioambientais. Temas como direitos humanos, desenvolvimento urbano, resíduos, poluição marinha, energias renováveis e alimentação sustentável foram debatidos durante toda à tarde.

O presidente da OAB-PB, Paulo Maia abriu o evento discursando sobre a importância da Educação Ambiental inserida no contexto social para que as presentes e futuras gerações possam viver de forma harmoniosa garantindo a todos um meio ambiente ecologicamente equilibrado. Em seguida, a Cia de Teatro Forrobodó apresentou “O Menino do Dedo Verde”, no formato de contação de histórias.

Ao mesmo tempo em que aconteciam palestras no auditório, na parte externa, realizava-se a “Feirinha Verde”. Feira que contou com produtos e serviços sustentáveis e adoção de pets. Entre uma palestra e outra, os alunos se revezavam na visitação ao Espaço Energia – museu, que trabalhou a temática Energias Renováveis. Fechando o Debate, o presidente da Comissão, Pedro Nóbrega mediou à mesa redonda que tratou do tema “Advocacia Ambiental: Atuação, Desafios e Perspectivas de Mercado” entre Comissão e Procuradorias SEMAM. Para encerrar à noite em clima de São João, o Pé de Serra ‘Porta do Sol’ animou à noite dos presentes.

De acordo com a advogada e palestrante, Rafaelly Albuquerque, a segunda edição do projeto Ambiente em Debate contou com uma ampla abordagem sobre os temas principais do direito ambiental do momento, passando pelos paradigmas atuais da advocacia na área do direito ambiental até a abordagem comparada sobre os danos causados pelos plásticos no cenário mundial.

“A comissão de direito ambiental considera que o evento se aperfeiçoou por permitir a aproximação entre OAB e um público plural, contando com a presença de estudantes da rede pública de ensino, engenheiros ambientais, advogados, músicos, autores de livros sobre o tema de energias renováveis e feira com empresas que prestam serviços ambientalmente sustentáveis. Dessa forma, entende-se que o evento cumpriu a missão constitucional de democrática da OAB, ao mesmo tempo em que abriu portas para novas parcerias e expansão do debate ambiental”, pontuou.

Já para o palestrante Márcio David, é de grande relevância o uso das energias renováveis para o desenvolvimento sustentável, com o viés de preservação ambiental. “É importante o uso consciente da energia, no âmbito residencial e industrial, dando destaque para a indústria 4.0 que trará um ganho em eficiência, tecnologia e controle de perdas, auxiliando com isso o meio ambiente”, ressaltou.

O também palestrante Vital Madruga pontuou que “a advocacia ambiental vem se consolidando cada vez no mercado de trabalho, diante da crescente necessidade de se ter profissionais qualificados nesta seara do Direito. O evento trouxe temais atuais capazes de empreender discussões aprofundadas e pertinentes aos desafios que a sociedade nos impõe enquanto operadores do Direito.”