OAB

03/04/2019
OAB-PB participa de Sessão Especial na ALPB e divulga campanha em benefício dos autistas


OAB-PB participa de Sessão Especial na ALPB e divulga campanha em benefício dos autistas

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Paraíba (OAB-PB), Paulo Maia, participou, nessa terça-feira (02), na Assembléia Legislativa da Paraíba (ALPB), de Sessão Especial para discutir a situação do ingresso de alunos com autismo nas escolas públicas e privadas do estado.

A sessão, de iniciativa dos trabalhos da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos das Pessoas com Autismo, visou também debater a construção de uma metodologia de ensino aplicada aos alunos portadores do transtorno neurológico.

Além de Paulo Maia, também estiverem presentes o presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa com Autismo, Paulo Da Luz e os membros Ângelo Medeiros e Davidson Lopes Souza de Brito.

Na oportunidade, em alusão ao Dia Mundial de Conscientização ao Autismo, Paulo da Luz divulgou questionário de pesquisa lançado pela OAB-PB, que tem como objetivo identificar um quantitativo de casos de autismo nas famílias da advocacia paraibana.

A pesquisa é inédita, fluida, autoexplicativa e seu preenchimento se dá em menos de um minuto clicando AQUI. O resultado poderá trazer a primeira amostragem estadual dentro da categoria profissional específica da advocacia.

De acordo com o presidente da Comissão, Paulo da Luz, em meio às discussões e análises ficou constatado que não existem dados quantitativos no país sobre o número, graus e particularidades das pessoas com autismo, logo, a execução de políticas públicas ficam prejudicadas ou até impedidas de alcançar um mínimo de excelência, pois nunca se ‘mapeou’ aquilo que necessita se cuidar.

“Pensando nisto e percebendo a ausência de leis e, mais ainda, de intenção em se mudar este quadro no tocante as pessoas com o transtorno do espectro autista, a Comissão de Estudos e Defesa dos Direitos dos Autistas decidiu, agir de forma inédita no Brasil, encabeçar uma pesquisa para coletar dados quantitativos sobre o tema dentro da advocacia” ressaltou.

Ele também disse que os resultados desta pesquisa poderão ter impactos muito valorosos dentro da própria advocacia, de modo que indicará o que a OAB enquanto entidade representativa poderá fazer especificamente aos advogados que vivem esta realidade junto aos seus parentes, irmãos, filhos, entre outros.

“Ao mesmo tempo mais uma vez e como já o fez em muitos momentos da história do Brasil, a OAB poderá servir de exemplo e inspirar outras entidades, órgãos e, mais ainda ao próprio poder público a agir da mesma forma, coletando dados para buscar a melhoria dos serviços, sobretudo, os públicos”, finalizou.

 

    • Abertura IX Conap
      Abertura IX Conap
    • IX Conap, palestras sala Junior Bento – sexta (manhã)
      IX Conap, palestras sala Junior Bento – sexta (manhã)
    • IX Conap, palestras sala Fátima Lopes – sexta
      IX Conap, palestras sala Fátima Lopes – sexta
    • IX Conap, palestras sala Levi Borges – sexta (manhã)
      IX Conap, palestras sala Levi Borges – sexta (manhã)
    • IX Conap, palestras sala Lylia Guedes – sexta (manhã)
      IX Conap, palestras sala Lylia Guedes – sexta (manhã)
    • IX Conap, palestras sala Lylia Guedes – sexta (tarde)
      IX Conap, palestras sala Lylia Guedes – sexta (tarde)