OAB

01/12/2016
OAB realiza desagravo a advogado do ES que teve prerrogativas desrespeitadas por policiais civis


OAB realiza desagravo a advogado do ES que teve prerrogativas desrespeitadas por policiais civis

O Ato de Desagravo Público dos advogados Lucas Francisco Neto e Daniela Marciana Pereira, que aconteceu nessa quarta-feira (30) em Guarapari, Espírito Santo, em face de policiais civis, contou com a presença do presidente do Conselho Federal da OAB, Claudio Lamachia. A força da advocacia unida e a luta efetiva da OAB no combate às violações de prerrogativas resultaram em um grande manifesto.

O secretário geral da OAB-PB, Assis Almeida, na condição de membro consultor da Comissão Nacional de Defesa das Prerrogativas e Valorização da Advocacia, participou do desagravo.

Em seu pronunciamento, Lamachia frisou que mais do que nunca os advogados brasileiros estão unidos, buscando o respeito não apenas da atividade profissional do advogado, mas, acima de tudo, respeito à sociedade.

“Estamos aqui hoje desagravando uma colega jovem e talentosa, mas, acima de tudo, corajosa, que foi buscar na sua instituição a proteção necessária em um momento como este. Nós não aceitamos desrespeito às prerrogativas da advocacia. Eu tenho saúde necessária para percorrer o Brasil juntamente com as lideranças que temos no Conselho Federal para defender as prerrogativas e vamos fazer isso. Ontem estávamos na Câmara dos Deputados para defender uma das leis mais importantes, não para advocacia, e sim para democracia brasileira que é a criminalização ao desrespeito das prerrogativas. Nós advogados somos os responsáveis pela defesa das prerrogativas de diversas autoridades deste país. Não é aceitável que uma autoridade possa confundir o seu papel com o papel do arbítrio. Somos os verdadeiros defensores da liberdade, da honra, do patrimônio, da dignidade e muitas vezes da própria vida das pessoas”, afirmou Lamachia.

“A advocacia não quer uma situação de confronto, mas não tem medo do agente arbitrário e que não respeita as prerrogativas profissionais. Nós sabemos responder aos insultos feitos, nós somos aqueles que constroem a ponte e o diálogo, mas também somos aqueles que dizemos não aos atos de arbítrio e prepotência. Esses agentes da autoridade que não sabem o papel que representam precisam aprender que amanhã precisarão de um advogado”, exclamou o presidente da OAB-ES, Homero Junger Mafra.  

O presidente da Seccional falou sobre a honra de estar ao lado do presidente Lamachia fazendo esse Desagravo em uma data especial em que a Câmara dos Deputados reconheceu ser crime a violação de prerrogativas profissionais. “O Espírito Santo faz história. Quero dizer a todos do meu orgulho de ser presidente da Seccional. Quero dizer aos maus agentes da autoridade, que nós estaremos sempre prontos a repelir os agravos contra a advocacia.” 

Jarbas Vasconcelos, presidentes da Comissão Nacional de Defesa das Prerrogativas, pontuou em seu discurso que aquele que não respeita advogado não respeita o cidadão. “Quem humilha advogado, enxovalha o dia a dia do cidadão e quem faz isso não merece usar o bom nome da polícia. O advogado deve trabalhar com dignidade, com o suor do seu rosto, com seu conhecimento adquirido em anos de estudo. É preciso dizer a esse país que quem fez o Estado brasileiro fomos nós advogados, desde o Império. Somos nós que lutamos pela democracia, liberdade, contra corrupção, somos nós que lutamos pela valorização da polícia”, enfatizou.

De acordo com o presidente da Subseção de Guarapari, Jedson Marchesi Maioli, os advogados da comarca estão cansados de ter suas prerrogativas violadas. “Não vamos aceitar esse absurdo, em todos os casos de violação de prerrogativas vamos fazer as devidas representações.”

O Ato fez parte da programação da Caravana Nacional das Prerrogativas e contou também com a presença do vice-presidente da Comissão Nacional de Prerrogativas, Cassio Lisandro Telles, além dos membros Rivelino Amaral, que é diretor de Prerrogativas da OAB-ES e Silva e Adriane Magalhães. além de todos os diretores da Seccional, do presidente da Caixa de Assistência dos Advogados, Carlos Augusto Alledi de Carvalho, presidentes de Subseções e conselheiros seccionais.   

Depois de realizar o Ato em Guarapari a Caravana das Prerrogativas seguiu para Colatina, onde aconteceu uma Audiência Pública.  

Com informações da OAB-ES

    • Lançamento Observatório de Candidaturas Femininas
      Lançamento Observatório de Candidaturas Femininas
    • ALPB homenageia Paulo Maia e João de Deus com Medalha e Título de Cidadão Paraibano
      ALPB homenageia Paulo Maia e João de Deus com Medalha e Título de Cidadão Paraibano
    • Concessão da Medalha de Mérito Jurídico ao presidente da OAB-PB, Paulo Maia
      Concessão da Medalha de Mérito Jurídico ao presidente da OAB-PB, Paulo Maia
    • Concessão da Medalha de Mérito Jurídico ao presidente da OAB-PB, Paulo Maia – Parte 2
      Concessão da Medalha de Mérito Jurídico ao presidente da OAB-PB, Paulo Maia – Parte 2
    • Concessão da Medalha de Mérito Jurídico ao presidente da OAB-PB, Paulo Maia – Parte 3
      Concessão da Medalha de Mérito Jurídico ao presidente da OAB-PB, Paulo Maia – Parte 3
    • Concessão de Título de Cidadão Paraibano ao vice-presidente da OAB-PB, João de Deus
      Concessão de Título de Cidadão Paraibano ao vice-presidente da OAB-PB, João de Deus