03/06/2016
Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência visita AC Social e conhece projeto Cidade Azul


Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência visita AC Social e conhece projeto Cidade Azul

O presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência da OAB-PB, Ricardo Fernandes, visitou a sede da AC Social onde lhe foi apresentado, pelo presidente Genilson Lima, o projeto Cidade Azul.

“Trata-se de um condomínio acessível que promoverá a vida independente, autossuficiente e inclusiva, composta por núcleos pedagógicos, oficinas de trabalho protegidas, residências assistidas e programas culturais, esportivos e de lazer, para atendimento de pessoas com Transtorno do Espectro Autista”, explicou Fernandes.

O Transtorno do Espectro do Autista (TEA) é um grupo de desordens complexas no desenvolvimento do cérebro, que se caracterizam pela dificuldade na comunicação, na socialização e em comportamentos repetitivos. Todas as pessoas com autismo partilham estas dificuldades com intensidades variáveis.

Para Ricardo Fernandes, “o projeto Cidade Azul, que é inovador, se concluído, trará inúmeros benefícios não apenas as pessoas autistas, mas a todos os familiares diretos de primeiro grau, pois quem convive com o autista entende os desdobramentos causados pelo transtorno e entende, portanto, a importância da disponibilidade deste instrumento, cujos efeitos alcançam toda sociedade”.

Já o presidente da AC Social, Genilson Lima, afirmou que está desprendendo todos os esforços para ver o projeto pronto e disponível para sociedade.