Comissão da Mulher Advogada

 

Registrar Denúncia

 
 

COMPETE A COMISSÃO DA MULHER ADVOGADA

O fortalecimento dos direitos humanos da mulher, em consonância com as exigências contidas no provimento do Conselho Federal da OAB, DE Nº. 164/2015 - PLANO DE VALORIZAÇÃO DA MULHER ADVOGADA, com as seguintes diretrizes:

  1. a educação jurídica;
  2. a defesa das prerrogativas das mulheres advogadas;
  3. a elaboração de propostas que apoiem a mulher no exercício da advocacia;
  4. a implementação de condições diferenciadas nos serviços prestados pela Caixa de Assistência dos Advogados, que atendam a necessidades específicas da mulher advogada;
  5. a promoção de diálogo com as instituições, visando humanizar as estruturas judiciárias voltadas às advogadas;
  6. a construção de uma pauta de apoio à mulher na sociedade, tendo como focos principais: a) a igualdade de gêneros e a participação das mulheres nos espaços de poder; b)o combate à violência doméstica, incluindo assistência às vítimas; c) o apoio a projetos de combate ao feminicídio e a outras violências contra a mulher; d) a defesa humanitária das mulheres encarceradas; e) a defesa e a valorização das mulheres trabalhadoras rurais e urbanas; f) a defesa e a valorização das mulheres indígenas; i g) o combate ao racismo e à violência contra as mulheres negras; h) enfrentamento ao tráfico de mulheres; i) a mobilização contra a banalização da imagem da mulher na mídia publicitária.
  7. a criação de mecanismos para a realização do censo destinado à construção do perfil da mulher advogada no Brasil e por regiões;
  8. a publicação periódica de pesquisas e artigos por meio da OAB Editora, tendo como tema principal a mulher e sua realidade social e profissional;
  9. a criação de manuais de orientação que envolvam os principais temas relacionados aos direitos das mulheres e a igualdade de gênero;
  10. o apoio à capacitação da mulher advogada por meio de cursos da Escola Nacional de Advocacia - ENA e das Escolas Superiores de Advocacia – ESAs;
  11. o monitoramento destinado a realizar a criação e o funcionamento das Comissões da Mulher Advogada, a título permanente, em todas as Seccionais e Subseções;
  12. a sensibilização e a implementação de estratégias para ampliação da participação das mulheres advogadas nas decisões das Seccionais e das Subseções;
  13. uma política de concessão de benefícios próprios à mulher advogada, particularmente em relação às mães, a ser praticada pelo Conselho Federal, pelos Conselhos Seccionais e pelas Caixas de Assistência dos Advogados de todos os Estados;
  14. a realização de uma Conferência Nacional da Mulher Advogada, em cada mandato;
  15. valor diferenciado, para menor, ou isenção na cobrança da anuidade da mãe no ano do parto ou da adoção, ou no caso da gestação não levada a termo, preferencialmente na forma de devolução pela Caixa de Assistência dos Advogados, a critério de cada seccional;
  16. a presença, em todas as comissões da OAB, de no mínimo 30% (trinta por cento) e no máximo 70% (setenta por cento) de membros de cada sexo.

Compete, também a Comissão da Mulher Advogada :

  • Coordenar e divulgar o Movimento + Mulheres na OAB-PB.
  • Emitir parecer sobre os assuntos em que for consultada;
  • estimular o estudo e a pesquisa nas áreas de interesse da CMA, promover seminários, palestras e eventos que estimulem a produção de trabalhos escritos, a discussão e a defesa dos temas respectivos;
  • cooperar e promover intercâmbio com organizações e entidades cujos objetivos se identifiquem com os da CMA;
  • pugnar pela eliminação das formas de discriminação contra a mulher no acesso às carreiras jurídicas e respectivas promoções em seus cargos e funções;
  • incentivar e fortalecer a participação da mulher advogada nos órgãos de classe;
  • combater a discriminação contra a mulher advogada no exercício da advocacia e sugerir soluções;
  • - conscientizar a mulher, especialmente a mulher advogada, da importância de sua atuação na vida sócio econômica, política e cultural;
  • - organizar encontros regionais e estaduais periódicos com as subseções, objetivando a integração; 
  • 10º- - pugnar pelo respeito ao princípio constitucional da igualdade de gênero, incentivando a advogada a firmar posição inovadora perante o Direito, de forma a adequar a técnica à realidade social.      

 

Não há um formulário de contato cadastrado para esta comissão.
 
 

   
 
 

ARTIGOS EM DESTAQUE

 

1  

O Poder Judiciário que não funciona

 

2  

Abaixo o Auxílio Moradia!

 

3  

O Estado de Direito Paralelo do Judiciário em: o Paradoxo do Juiz “Boca da Lei” e o da Livre Convicção

 

MAIS LIDAS

 

Pela primeira vez na história advogada da Paraíba assume presidência de comissão nacional da OAB

 

OAB-PB realiza solenidade de entrega de carteiras a 131 novos advogados e um estagiário

 

OAB-PB lamenta falecimento da advogada Ana Helena Costa Lima

 

INFORMATIVOS OAB-PB

 

 

Receba nossos informativos no seu e-mail.

 

 

 
 

OAB-PB
Diretoria
Conselho Seccional e CCA
Comissões
Ouvidorias
Subseções
Câmaras
Tribunal de Ética

SERVIÇOS
Central de Currículos
Documentos para inscrição
Eleições
Exame da Ordem
Legislação

 

 
Pagamento de Anuidade
Resoluções
Requerimento de Certidão
Portal da Transparência
Tabela de Honorários
Convênios
Acesso ao Webmail

ENDEREÇO
Rua Rodrigues de Aquino, 37
CEP: 58013-030
Centro - João Pessoa - PB

TELEFONES
(83) 2107-5200
(83) 2107-5219
(83) 2107-5205 (FAX)