18/05/2017
Em nota, OAB-PB cobra apuração rigorosa de denúncias contra Temer e Aécio

 
 

 

A Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional da Paraíba (OAB-PB), divulgou nota, nesta quinta-feira (18), manifestando seu mais profundo repúdio aos fatos divulgados pelo jornal “O Globo” dando conta de que os donos do frigorífico JBS, Joesley e Wesley Batista, disseram em delação à Procuradoria-Geral da República (PGR) que gravaram o presidente Michel Temer dando aval para comprar o silêncio do deputado cassado e ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha (PMDB-RJ), depois que ele foi preso na operação Lava Jato e de recebimento de dinheiro por parte dos senadores Aécio Neves e Zezé Perrella.

"Esses fatos são gravíssimos e, caso provados, revelam conduta incompatível com a ocupação dos cargos públicos e políticos de maior relevância da República Federativa do Brasil, não só se porque se deram no curso dos respectivos mandatos, mas por atentarem contra a ordem jurídica nacional, contra o decoro, a probidade e a honra que se espera dos que os ocupam, motivos que fundamentam a posição da OAB-PB de defender a perda do mandato do Presidente e dos Senadores", diz a nota.

Confira a nota na integra abaixo:

Nota

A Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional da Paraíba (OAB-PB), vem a publico manifestar seu mais profundo repúdio aos fatos divulgados pelo jornal “O Globo” dando conta de que os donos do frigorífico JBS, Joesley e Wesley Batista, disseram em delação à Procuradoria-Geral da República (PGR) que gravaram o presidente Michel Temer dando aval para comprar o silêncio do deputado cassado e ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha (PMDB-RJ), depois que ele foi preso na operação Lava Jato e de recebimento de dinheiro por parte dos senadores Aécio Neves e Zezé Perrella.

Esses fatos são gravíssimos e, caso provados, revelam conduta incompatível com a ocupação dos cargos públicos e políticos de maior relevância da República Federativa do Brasil, não só se porque se deram no curso dos respectivos mandatos, mas por atentarem contra a ordem jurídica nacional, contra o decoro, a probidade e a honra que se espera dos que os ocupam, motivos que fundamentam a posição da OAB-PB de defender a perda do mandato do Presidente e dos Senadores.

Porém, ao passo que defende a pronta divulgação do conteúdo das gravações, haja vista que a sociedade brasileira precisa ter respostas rápidas e esclarecimentos precisos sobre a honorabilidade dos seus representantes, a OAB PB também se posiciona pelo respeito e observância ao direito à ampla defesa, ao contraditório e ao devido processo legal, assegurado a todos os cidadãos, inclusive aos acusados.

A sociedade brasileira não tolera mais a corrupção e a improbidade seja de quem for, muito menos de suas autoridades que simbolizam a força da democracia representativa inscrita na Constituição Federal e tão cara aos cidadãos e cidadãs brasileiros. Ninguém está acima da lei.

Paulo Maia
Presidente da OAB-PB

 

    Veja outras notícias:


 

  • Desagravo Pblico - Entrevista com Dr. Paulo Maia
    Desagravo Público - Entrevista com Dr. Paulo Maia
  • Desagravo Pblico - Entrevista com Dr. Cludio Lamachia
    Desagravo Público - Entrevista com Dr. Cláudio Lamachia
  • Desagravo Pblico - Entrevista com Dr. Luciano Carneiro
    Desagravo Público - Entrevista com Dr. Luciano Carneiro
  • Desagravo Pblico - Solenidade
    Desagravo Público - Solenidade
  • Frum Nacional de Educao Jurdica - Regio Nordeste
    Fórum Nacional de Educação Jurídica - Região Nordeste
  • Solenidade de entrega de carteiras - 26.04.2017 - Parte 1
    Solenidade de entrega de carteiras - 26.04.2017 - Parte 1
 

 

   
 



MAIS LIDAS

 

OAB-PB move 250 ações judiciais para cobrar dívidas de advogados inadimplentes

 

OAB-PB é a primeira Instituição a aderir a divulgação da Lei contra a homofobia

 

Corregedoria do TJPB acolhe pedido da OAB-PB e Fórum de Patos deverá adotar carga rápida para advogados

 

OAB-PB repudia incêndio a carro de advogado e solicita providências das autoridades

 

Comissão de Direito Desportivo da OAB-PB proporá ao TJ criação do juizado do torcedor

 

INFORMATIVOS OAB-PB

 

 

Receba nossos informativos no seu e-mail.

 

 

 
 
 

OAB-PB
Diretoria
Conselho Seccional e CCA
Comissões
Ouvidoria Geral da OAB-PB
Subseções
Câmaras
Tribunal de Ética

SERVIÇOS
Central de Currículos
Certificado Digital
Documentos para inscrição
Eleições
Exame da Ordem
Legislação

 

 
Pagamento de Anuidade
Resoluções
Requerimento de Certidão
Portal da Transparência
Tabela de Honorários
Convênios
Acesso ao Webmail

ENDEREÇO
Rua Rodrigues de Aquino, 37
CEP: 58013-030
Centro - João Pessoa - PB

TELEFONES
(83) 2107-5200
(83) 2107-5219
(83) 2107-5205 (FAX)