15/06/2016
OAB-PB efetiva governança colaborativa junto ao Poder Judiciário

 
 

 

Mais do que uma oportunidade para discutir critérios quanto a instalação dos Cartórios Unificados nas Varas de Família de João Pessoa e Campina Grande, a audiência pública recentemente promovida pela OAB-PB marcou o início de uma nova fase no Poder Judiciário estadual, através do posicionamento do Órgão, diante das diretrizes estabelecidas pela Resolução 194 do CNJ, que trata da governança colaborativa.

Segundo o presidente Paulo Maia, dependendo do tema, da amplitude de sua importância e da localidade envolvida, as audiências podem ocorrer tanto na Capital como no interior do estado. “A partir de agora, a OAB-PB dará seu contributo a todos os temas relacionados a modificações do Poder Judiciário que afetem diretamente a sociedade, a exemplo desse e de outros, como deslocamento de competências e composição de órgãos”, afirmou.

Nova visão de gestão

Ele lembrou que o funcionamento do Judiciário também depende da advocacia, cuja participação é legitimada pelo estado democrático de direito e por uma nova visão de gestão dos poderes públicos, descartando qualquer “invasão” nesse sentido.

“De maneira alguma, tanto é que no estado democrático de direito existem os poderes que são independentes e harmônicos, onde cada um tem seu papel preservado e não entra na esfera do outro. É dessa maneira que queremos atuar, sendo respeitados e ouvidos naquilo que temos a opinar, porque entendemos ter legitimidade para tanto”, justificou.

As discussões levantadas na referida audiência foram lavradas em ata, que subsidiarão o Conselho da Ordem quanto ao posicionamento a ser adotado em relação a questão da unificação das Varas de Família de João Pessoa e Campina Grande.

Estabelecimento de diálogo

“A grande vitória para todos os envolvidos foi o estabelecimento do diálogo”, disse o advogado Francisco Fidélis, presidente da Comissão de Justiça Cível da OAB-PB, referindo-se a decisão liminar do CNJ, de a instalação só se dar após o julgamento do mérito do Pedido de Providências formulado pela Ordem, que prevê ainda a criação de um grupo de trabalho permanente, responsável pela apresentação de ajustes não só em relação ao atendimento e aos advogados, mas sobretudo a plena prestação jurisdicional.

Por fim, ele esclareceu que a OAB-PB não é contra a proposta, mas como a forma de instalação em que se deu, sem diálogo. “Se o Tribunal de Justiça mostrar que os números são favoráveis ao fim que todos almejam, que é uma prestação jurisdicional eficaz e efetiva, nós seremos completamente a favor”, concluiu.

TJ destaca iniciativa

Por sua vez, o juiz auxiliar da presidência do TJ-PB, Eduardo Soares, admitiu a possibilidade de a lei aprovada pela Assembleia Legislativa ser modificada, após concluída a discussão em torno dessa novidade que,  por recomendação do CNJ, vem sendo aplicada em todo o País, através da equalização da força de trabalho por meio da unificação dos Cartórios que tenham a mesma competência e a mesma atividade.

“É importante que possamos crescer juntos em forma de cooperação e colaboração, para alcançar bons resultados em proveito do jurisdicionado, que é o destinatário final da prestação de serviços do TJ-PB”, enalteceu.

 

      Veja outras notícias:


 

  • Assinatura Contrato de Construo da ESCOLA SUPERIOR DE ADVOCACIA em Campina Grande
    Assinatura Contrato de Construção da ESCOLA SUPERIOR DE ADVOCACIA em Campina Grande
  • Innovate OAB-PB
    Innovate OAB-PB
  • Blitz das Prerrogativas
    Blitz das Prerrogativas
  • Dia Mundial do Consumidor
    Dia Mundial do Consumidor
  • Evento de Direito da Moda da OAB-PB
    Evento de Direito da Moda da OAB-PB
  • Solenidade de entrega de carteiras - 01.03.2018
    Solenidade de entrega de carteiras - 01.03.2018
 

 

   
 



MAIS LIDAS

 

Felipe Crisanto lança o livro Estado, Mercado e Tributação em Campina Grande e João Pessoa

 

OAB-PB moverá Mandado de Segurança contra reconhecimento de firma em procurações para advogados na Receita Estadual

 

OAB-PB realizará Conferência Estadual da Mulher Advogada nos dias 06 e 07 de agosto

 

Após luta da OAB-PB, AL e Entidades, TJ arquiva proposta de desinstalação de Comarcas na Paraíba

 

OAB-PB inicia atividades do projeto Mediação Comunitária no Parque Parayba no bairro do Bessa em JP

 

INFORMATIVOS OAB-PB

 

 

Receba nossos informativos no seu e-mail.

 

 

 
 
 

OAB-PB
Diretoria
Conselho Seccional e CCA
Comissões
Ouvidoria Geral da OAB-PB
Subseções
Câmaras
Tribunal de Ética

SERVIÇOS
Central de Currículos
Certificado Digital
Documentos para inscrição
Eleições
Exame da Ordem
Legislação

 

 
Pagamento de Anuidade
Resoluções
Requerimento de Certidão
Portal da Transparência
Tabela de Honorários
Convênios
Acesso ao Webmail

ENDEREÇO
Rua Rodrigues de Aquino, 37
CEP: 58013-030
Centro - João Pessoa - PB

TELEFONES
(83) 2107-5200
(83) 2107-5219
(83) 2107-5205 (FAX)